quinta-feira, setembro 15, 2011

ELENIN SE DESFAZ


Astrônomo australiano fala a respeito do cometa Elenin

14/09/2011
Com o perigeu do cometa Elenin se aproximando (16 de setembro outubro), achamos apropriado publicar este excelente artigo de Pepe Chaves (www.viafanzine.jor.br), com sua devida licença, para dar um ponto final sobre este assunto tão debatido.
No artigo, Pepe nos relata sobre seu contato via e-mail com o astrônomo australiano Michael Mattiazzo, um dos principais pesquisadores do famoso cometa e quem mais tirou fotos do mesmo, qual esclareceu a respeito dos boatos infundados de que esse bólido iria se chocar com a Terra.
Veja:

Lendas e fatos:

Astrônomo australiano nos fala do cometa Elenin

O astrônomo Michael Mattiazzo, o maior fotógrafo do Elenin e sua família observando um eclipse na Austrália.

A certeza dos incertos

A aproximação do cometa Elenin à Terra gerou uma onda de boatos infundados. Muitas pessoas espalharam comentários alarmantes sobre o cometa Elenin, especialmente na Internet, afirmando que ele seria o tal “Hercóbulus” ou “Nibiru”, alegados astros que, segundo alguns “profetas” da rede, devem se chocar com a Terra um dia.
Alguns sites, fóruns eletrônicos e blogs chegaram a dizer que o cometa estava em rota de colisão com a Terra e que a Nasa omitia informações a este respeito. Afirmavam, que o cometa se tornaria visível e enorme por conta de sua aproximação. Ao contrário, disso, astrônomos de várias nacionalidades eram unânimes em afirmar que este cometa estava se evaporando e não chegaria a ser avistado a olho nu da Terra.
Inclusive, a Nasa emitiu diversos esclarecimentos sobre o cometa Elenin, através do seu sistema de vigilância, inclusive, divulgando diversos boletins sobre o seu estado físico. Além disso, a agência espacial americana colocou cientistas numa conferência, ao dispor do público, para prestar esclarecimentos sobre a aproximação do cometa.
Mas, quanto mais surgiam explicações científicas, esotéricos, ufólogos, conspiracionistas e “profetas” difundiam mentiras e alarmavam às pessoas mais crédulas. Muitos desses “senhores da mentira” disseminaram a falsa informação de que o cometa está aumentando de tamanho, enquanto, na verdade, ele está se desfazendo fisicamente ao se aproximar do Sol e, por isso, no momento, já se encontra quase invisível para os equipamentos dos astrônomos.
Leonid Elenin, o astrônomo russo descobridor do cometa que leva o seu nome.
Cometa está desaparecendo aos poucos
 Com a fragmentação de seu núcleo, o cometa Elenin deverá desaparecer em breve, pois está sob magnitude 10, ou seja, sua imagem se tornou bastante tênue. Mas, ao contrário disso, sem o menor fundamento científico e com base nas mentes mais férteis, há quem diga que ele ainda irá aumentar de tamanho e se chocar com a Terra.
 Alguns desses alarmantes difusores da mentira chegaram ao absurdo de afirmar que senhor o Leonid Elenin, um astrônomo reconhecido no seu país, a Rússia, e em todo o mundo, não existiria e que seria apenas um “fake” de internet.
Reconstituição do cometa Elenin em 04/09, tendo por base fotografias de Michael Mattiazzo.
 Pesquisador fala conosco
 Entramos em contato por e-mail com o astrônomo australiano Michael Mattiazzo, considerado um dos principais pesquisadores do cometa Elenin. Ele tomou inúmeras imagens do cometa e disponibilizou em seu blog. Ele nos retornou de imediato e generosamente, respondeu alguns questionamentos que levantamos.
 Esse australiano, nascido em Castlemaine, Victoria, se tornou o astrônomo que mais acompanhou o cometa Elenin em todo mundo. Através de suas fotografias – tomadas em diferentes fases de evolução do astro -, astrônomos de todo o mundo puderam acompanhar e analisar a frágil situação da estrutura física desse pequeno cometa.
 Dissipando algumas dúvidas do público sobre este assunto, Mattiazzo afirma categoricamente que esse cometa não representa o menor perigo à Terra. “O cometa C/2010 X1 Elenin não irá colidir com a Terra. Ele vai passar a 35 milhões de quilômetros daqui”, afirmou o astrônomo sobre a distância considerável a que se encontra o referido astro.
 Portanto, esse conceituado astrônomo australiano assegura que a Terra está fora do perigo de colisão com este frágil astro errante. No entanto, Mattiazzo levanta uma possível preocupação para o futuro, “Eu ficaria mais preocupado com o asteróide Apophis, que terá seu ponto máximo de aproximação com a Terra em 13 de abril de 2029. Este astro deverá passar a 40 mil quilômetros de distância da Terra”, declarou.
 Sobre as afirmações de que Leonid Elenin seria um ‘fake’, ou um personagem falso criado para figurar na internet como “o descobridor” desse cometa em questão, observou Mattiazzo, “Leonid Elenin é um astrônomo realizado”.
 Enquanto alguns teimam em afirmar que o cometa irá se tornar visível e se agigantar enquanto se aproxima da Terra, o pesquisador afirma o contrário. “O cometa Elenin irá desaparecer no momento em que estiver mais próximo da Terra. Os astrônomos não vão ter a sorte de vê-lo em seu maior ponto de aproximação”, disse o astrônomo.
 Michael Mattiazzo ainda nos informou sobre a estrutura do astro, “Este cometa é muito pequeno e feito de gelo seco e poeira. Esta é a primeira vez que ele chega perto do Sol e agora está se evaporando”, disse.
 Sintetizando suas declarações concedidas ao diário brasileiro Via Fanzine, o australiano Mattiazzo afirma que, “As pessoas não devem se preocupar com este cometa”.
 No dia 10/09, o cometa Elenin passou pelo seu periélio e daqui a poucas semanas, em 16/10, alcançará seu ponto de máxima aproximação com a Terra; se ele não tiver se desfeito por completo.
 * Pepe Chaves é editor do diário digital ViaFanzine e da Rede VF.
  – Com tradução do autor.
—–
Nossos mais sinceros agradecimentos ao Pepe Chaves por sua graciosa permissão de publicação de mais este artigo.
n3m3
Fonte do artigo: www.viafanzine.jor.br

Um comentário:

  1. RRSoluções,RRSocial,RRTvs,RRNotebook,
    RRNetbook,RRMotos,RRUnos,RREletros,
    http://www.gvolive.com/conference,rrsocial#
    Entre assim [seu nome-C-izaias-sabear]
    DE 2º a 6º as 20:00 HRS
    http://crescerempreenderevencer.blogspot.com

    ResponderExcluir